Arquivo

Archive for the ‘Mac’ Category

Comandos do Editor Vi

Comandos de Arquivo
:q Sai do VI
:w Salva alteraçoes feitas
:wq Salva aterações e sai do VI
:q! Sai sem salvar
:w abc Grava arquivo com o nome ‘abc’
:r abc Insere o conteúdo do arquivo ‘abc’
:e abc Edita o arquivo ‘abc’
Modo de Inserção
i Entra no modo de Inserção
a Entra no modo de Inserção, após o cursor
o Entra no modo de Inserção, em uma nova linha
<ESC> Sai do modo de Inserção
Copiar, Cortar e Colar
yy Copia a linha inteira
5yy Copia as 5 próximas linhas
dd Apaga a linha
5dd Apaga 5 linhas
x Apaga uma letra
5x Apaga 5 letras
p Cola o trecho copiado ou apagado
V Seleção visual de linhas
Pulos
gg Pula para a primeira linha
G Pula para a última linha
44G Pula para a linha número 44
w Pula para a próxima palavra
b Pula para a palavra anterior
{ Pula para o parágrafo anterior
} Pula para o próximo parágrafo
( Pula para a frase anterior
) Pula para a próxima frase
f. Pula até o próximo ponto (.), na mesma linha
Desfaz o pulo, volta
Apagando com esperteza
dgg Apaga até o início do arquivo
d0 Apaga até o início da linha atual
dw Apaga a palavra
d4b Apaga as quatro palavras anteriores
df. Apaga até o próximo ponto
d) Apaga até o fim da frase
Outros
J Junta a próxima linha com a atual
u Desfaz o último comando
Ctrl+R Refaz o último comando desfeito
. Repete o comando anterior
hjkl Movimenta o cursor
/ Pesquisa um texto
n Vai para o próximo resultado da pesquisa
:%s/a/b/g Troca ‘a’ por ‘b’ em todo o texto
:!cmd Executa o comando externo ‘cmd’
:r!cmd Insere o resultado do comando externo ‘cmd’
Anúncios
Categorias:linux, Mac, Solaris Tags:, ,

Php no Mac

O MacOsX já vem por padrão com um servidor Apache PHP só não está ativado. Se você é desenvolvedor e precisa testar seus sites PHP no Mac e só seguir essas dicas:

  1. Vá em System Preferences > Sharing
  2. Marque a opção Web Sharing
  3. Se você quiser usar o terminal para iniciar o servidor web basta usar esse comando:

    sudo apachectl start
    
  4. Para testar se o servidor web está funcionado digite no browser http://localhost deve apareçer a seguinte mensagem:

  5. Ativando o PHP
  6. Até agora o servidor funciona apenas para página HTML, agora vamos ativar para que funcione com páginas PHP.

    No terminal vamos fazer um backup do arquivo httpd.conf

    sudo cp /etc/apache2/httpd.conf /etc/apache2/httpd.conf.bkp
    

    Edite o arquivo httpd.conf no terminal com o vi

    sudo vi /etc/apache2/httpd.conf +/php5_module
    

    Descomente removendo o símbolo “#” do início da linha apertando a tecla x e salve digitano Esc :x! no editor vi.

    Agora vamos reiniciar o servidor no terminal.

    sudo apachectl restart
    
  7. Agora coloque sua página ou seu projeto PHP na pasta SITE no home do seu usuário teste no browser.
Categorias:Mac

Instalar Weblogic no Mac

Depois passei usar macOsx precisei instalar o Weblogic 10.3.x . Tive alguns problemas no começo para instalar mas depois consegui resolver. Vai ai as dicas de como fazer.

  1. Faça o download da versão “GenericPackage Installer” no site da Oracle clicando aqui:
  2. Como o JDK do Mac não é o genérico sun e não existe JRockit para mac você precisa enganar o instalador para ele pular a etapa de não aceitar o padrão JDK do Mac. Para isso entre no TERMINAL do Mac e faça:

    $ cd /System/Library/Frameworks/JavaVM.framework/Versions/1.6.0/Home
    $ sudo mkdir -p jre/lib
    $ cd jre/lib $ sudo touch rt.jar
    $ sudo touch core.jar

  3. Agora instale o Weblogic no diretório de sua preferência usando o seguinte comando:

    $ java -Xmx1024m -Dos.name=unix -jar wls1031_generic.jar

    * Não vou entrar no mérito de como instalar o weblogic neste post.

  4. Agora precisamos resolver o problema de OutOfMemory que ocorre quando você vai acessar o console administrativo que acaba travando a console.Para isso você precisa parar o servidor caso esteja rodando. Edite o arquivo setDomainEnv.sh que se encontra em “user_projects/domains/mydomain/bin/setDomainEnv.sh”
    Mudando a seguinte linha:

    “if [ “${JAVA_VENDOR}” = “Unknown” ] ; then”

    Para:

    “if [ “${JAVA_VENDOR}” = “Sun” ] ; then “

  5. Agora start o weblogic e chame a console administrativa no http://localhost:7001/console :
Categorias:Mac Tags:

Ubuntu com cara de Mac

05/21/2009 1 comentário

Linux Ubuntu com cara de Mac. Um dia vi em um site alguns skins para ubuntu e vi um que tranformava o Ubuntu em Mac. Começei a pesquisar, encontrei um projeto free. Baixei o manual e o pacote, nem ia instalar mas como a curiosidade é grande, abri o pacote e tinha 2 scripts INSTALL e UNISNTAL, tentação demais pra mim, se der merda eu removo.

Tutorial para se quiser refazer posteriormente ficar registrado.

1– Antes vamos instalar alguns pacotes GNOME-Arts. Abra um terminal e digite:

sudo apt-get install gnome-art


->Senha de root

sudo usplash startupmanager

2 – Instalar fonts do Mac. No terminal digite:

sudo apt-get install -y msttcorefonts

3 – Depois para carregar as fontes digite:

sudo fc-cache -f -v 

em seguida digite:

dpkg-reconfigure fontconfig

Feche o Terminal.
5 – No sourceforge baixe o pacote mac4lin v1.0 rc1.tar.gz : clicando aqui…

6 – Desconpacte em algum diretório /temp “por exemplo”.

Para descompatar utilize os seguintes comandos no terminal.

sudo chmod 777 Leopard_Wallpapers.tar.gz
unzip Leopard_Wallpapers.tar.gz
tar -xvf Leopard_Wallpapers.tar.gz

7 – Entre no diretório criado : (no meu caso criou com esse nome, mas pode se outro)

cd /mac4lin/Mac4Lin_v1.0_RC1$

8 – Mude a permissão do instalador

sudo chmod 777 Mac4Lin_Install_v1.0_RC.sh

9 – Execute o arquivo para instalar

./Mac4Lin_Install_v1.0_RC.sh

* Veja que seu linux já está com cara de Mac.

Algumas alterções pós instalação

10 – Alterar algumas fonts usadas no Gnome, então va em: Sistema->Preferências – abra a aba Fonts, e altere a configuração para:
a) Font de aplicativos – bitstream vera sans – estilo – roman – tam. 8,6

b) Font de documentos – aquabase – estilo – regular – tam. 9,0

c) Font da area de trabalho – trebuchet ms – estilo – negrito – tam. 9,0

d) Font do titulo de janelas – lucida grande – estilo – bold – tam. 9,0

e) Font de largura fixa – bitstream vera sans mono – estilo – roman – tam. 10,0

e clique em fechar.

11 – Abra Sitema->Administração->Gerenciador de Pacotes Synaptic e digite sua senha: No quadro busca rapida digite AWN e clique em aplicar.

12 – Vá em Aplicativos->Acessórios->Avant-window-navigator.Note que criou-se na parte inferior de sua tela, botões em 3D igual ao do Mac.

13 – Para adicionar mais botões nessa área é simples, vá em: Aplicativos selecione os programas de sua preferencia nas abas correspondentes ex:( acessórios, escritório, gráficos etc.), clique no programa escolhido e não solte o mouse, arraste ate essa nova barra que se criou na parte inferior de seu computador e solte-o. E assim agregará seus novos botões.

14 – Para manter essa barra sempre ativa quando iniciar o Ubuntu é simples: no terminal root digite:

avant-window-navigator. 

( Ela será executada ).

a) Vá em Sistema->Preferencias->Sessões, na aba Programas Iniciais clique no botão adicionar, abrirá uma caixa de dialogo:

b) Em nome digite: awn em comando digite: avant-window-navigator e em comentario não digite nada.

c) Verifique que sua nova entrada foi adicionada com o nome awn e feche este quadro

15 – Transforme o Firefox , na aba Ferramentas->Complementos na aba Adicionar pesquise por MacOSX. Instale o plugin que transforma o visual do firefox em Safari.

E Pronto ! é só curtir o novo visual.

Categorias:linux, Mac